Header Ads

Fernanda Lima é criticada após discurso polêmico no 'Amor & Sexo' e ela toma atitude!

Falas da apresentadora foram vistas como indiretas para Bolsonaro


A última edição do programa 'Amor & Sexo' que foi ao ar nesta terça-feira (06), na Globo, tem dado o que falar e gerado muita polêmica na internet. O motivo é que a atração comandada por Fernanda Lima fez um duro discurso contra o conservadorismo e a favor de minorias, e muita gente viu isso como uma indireta para o presidente eleito, Jair Bolsonaro.


Desde que o programa foi ao ar até esta quarta-feira, 07, o nome de Fernanda Lima tem sido um dos mais comentados nas redes sociais, em boa parte, com críticas à global, que tomou uma atitude. A maior parte das críticas negativas se deve as falas da apresentadora, que enfatizou que as mulheres devem lutar contra o sistema e sabotá-lo.

"Chamam de louca a mulher que desafia as regras e não se conforma. Chamam de louca a mulher cheia de erotismo, vida e tesão. Chamam de louca a mulher que resiste. Chamam de louca a mulher que diz sim e que diz não. Não importa o que façamos, nos chamam de louca. Se levamos a fama, vamos sim deitar na cama, vamos sabotar as engrenagens deste sistema de opressão. Vamos sabotar as engrenagens desse sistema homofóbico, racista, patriarcal, machista e misógino. Vamos jogar na fogueira as camisas de força da submissão, da tirania e da repressão. Vamos libertar todas nós! E todos vocês! Nossa luta está apenas começando, prepare-se porque esta revolução não tem volta. Vamos sabotar tudo isso?", convocou a apresentadora.


Logo o assunto dominou as redes sociais, principalmente o Twitter, onde Fernanda recebeu enxurradas de críticas. Houve muitos que apoiassem o discurso da esposa de Rodrigo Hilbert, mas no Instagram ele estava recebendo muitas ofensas, então resolveu desativar os comentários. Com toda repercussão, a apresentadora não se manisfestou, apenas replicou apoio de famosos e anônimos que concordaram com suas palavras.

Ainda no programa, foi feito uma homenagem à vereadora Marielle Franco, assassinada em março deste ano, levando Fernanda às lágrimas. Em sua décima temporada, o programa de comportamento e sexo tem enfrentado baixa audiência após anos de sucesso.