Header Ads

Famosos comentam caso de racismo em que funcionário do Bob's é humilhado por jovens

Vídeo em que duas garotas disparam ofensas a funcionário de fast food causou revolta


Nesta terça-feira, 02, um vídeo em que duas jovens disparam ofensas consideradas racistas a um funcionário negro de uma rede de lanchonetes viralizou nas redes sociais. O ato causou indignação na internet e o assunto se tornou um dos mais comentados na web. Internautas e famosos pediram punição às duas mulheres que aparecem no vídeo.

Nas imagens postadas por uma das jovens, elas riem e debocham do rapaz que estava realizando a limpeza do local de trabalho, em uma franquia de fast food do Bob's. "Isso mesmo, limpa pra eu ver", "limpa o chão fod**o, lambe o chão, limpa babacão", disparam as duas.


Uma das jovens, identificada como Júlia, em outro momento, falou sobre o caso aos risos em suas redes sociais, causando mais revolta. Na tentativa de se justificar, ela disse que "não era porque o menino era preto não, porque ainda tem pretos bonitinhos. Mas ele é um preto feio e horroroso".

No Twitter, o assunto ficou entre os mais comentados e os internautas pediram punição às garotas, pois consideraram o ato como racismo. No Instagram, o vídeo foi bastante repercutido também e alguns famosos se indignaram com as imagens. A atriz Giovanna Lancellotti comentou: "Nossa, que nojo", a cantora Marília Mendonça também se manifestou chamando as jovens de nojentas. Tatá Wenerck, Lucas Lucco e vários outros famosos também falaram sobre o caso.

Foto: Reprodução/Instagram

Após a repercussão negativa do caso, a outra jovem, identificada como Thaís, também usou suas redes sociais para se defender, afirmando que já namorou o rapaz mostrado nas imagens: "Eu conheço ele há oito anos. Não é qualquer coisinha não. Ele sabe que não sou racista. Ele está ciente disso". Em outro momento, ela pede desculpas pelo ocorrido: "Eu realmente tomei decisões naquele dia que não foram legais, atitudes horríveis. Por isso estou pedindo desculpas a ele, estou pedindo desculpas para quem se ofendeu, para quem está tomando as dores".

O funcionário da lanchonete mostrado nas imagens segue trabalhando na empresa. E por meio de nota, o Bob's disse que repudia qualquer tipo de discriminação ou assédio, lamentando que cenas como essa, até hoje, ainda sejam vistas nas relações entre pessoas.