Header Ads

Apoiando "EleNão", Bruna Marquezine rebate crítica feito por eleitora de Bolsonaro

A Youtuber e eleitora Karol Eller pediu para que atriz ficasse "quietinha"


Os posicionamentos dos famosos sobre os candidatos à presidência do Brasil têm gerado grandes polêmicas entre os seus seguidores e entre eles mesmos. Bruna Marquezine que deu o seu posicionamento abertamente em seu perfil oficial, acabou gerando controvérsias.


A namorada do jogador Neymar que está fora do país recebeu críticas de outros famosos contestando sua atitude, como o vídeo feito pelo jornalista Felipeh Campos, onde afirmava que ela não poderia falar sobre política, pois não estava no país. O vídeo não ganhou nenhuma resposta da global, entretanto dessa vez uma Youtuber também fez um vídeo criticando o posicionamento dela e Bruna não se calou.

Em um vídeo publicado em suas redes sociais, a eleitora do candidato Jair Bolsonaro chamada Karol Eller, fez uma crítica ao posicionamento da atriz Bruna Marquezine após ela aderir à campanha "#EleNão".


Bruna deu seu completo apoio a essa campanha, criada por um grupo de mulheres para combater os ideais do político em questão. No vídeo a eleitora manda Bruna ficar quieta, pois seu posicionamento não tem nenhum valor, fazendo a comparação de que se seu apoio fizesse alguma diferença, o Brasil teria ganhado a Copa do Mundo.

Foto: Instagram
O cantor Zezé Di Camargo chegou a ver o vídeo e deu o seu total apoio à eleitora, confirmando que seu posicionamento também e favorável a Jair. Karol publicou um print do comentário do cantor em seu Instagram Stories.
Por conta da publicação ter tomado uma grande proporção, a atriz fez seu pronunciamento a respeito da crítica direcionada à ela. No texto, a global afirma que nem conhece a eleitora e que por está em uma democracia, atitudes como essa de falar "shhh" ou "quietinha" para a opinião política alheia, não deveria existir.

Em seguida, ela afirma que pessoas civilizadas respeitam as opiniões sem precisar fazer deboche, e que a comparação feita por ela é extremamente inválida e infantil, pois não estava em campo durante a Copa, e que falar de futebol e política são coisas completamente diferentes. Por fim, Bruna dispara: "Minha opinião importa sim, como a de todo cidadão brasileiro”.


Foto: Instagram